O que a animação Soul pode ensinar sobre propósito

Tempo de leitura: 2 minutos

A animação Soul, da Pixar, foi lançada há poucas semanas na plataforma Disney+ e vem causando rebuliço desde então.

Rolling Stone · Soul, Lightyear, Luca e mais: Disney anuncia 4 novas  produções da Pixar

Bebendo na escola de Divertida Mente, outro sucesso do estúdio, a história foge do lugar comum e se concentra em emoções, dúvidas existenciais e outras características do ser humano, tudo para dividir com os telespectadores os dilemas de Joe e 22: ele, um músico de jazz, que às vias de realizar um grande sonho, sofre um acidente e fica à beira da morte, ela, uma alminha que não tem grandes planos a não ser permanecer no plano espiritual.

Juntos, unem forças para “driblar o sistema” do mundo espiritual: enquanto tudo o que Joe mais quer é voltar à vida e realizar seu sonho, 22 faz do desejo em permanecer como alminha o seu propósito.

Assim, Soul dá uma aula sobre propósito. Você sabe o que busca para a sua vida? Será que o que busca para si é o real propósito da sua existência? Propósito, para o que ele serve, por que é tão importante e quão longe pode te levar?

A Ideale e o seu propósito

No final de 2020, a Ideale percebeu que precisava definir o seu real propósito como empresa e como marca. Produzimos treinamentos há 16 anos, mas, de fato, para o quê?

Sabíamos do impacto que causávamos nas pessoas, pois tudo na vida acontece por treinamento – ou falta dele. Só não sabíamos – e ainda não sabemos – a real extensão desse treinamento na vida de cada um que passa por eles, e é isto que fez com que despertássemos para o nosso propósito: a transformação.

Transformar a vida das pessoas através do treinamento é o que deve permear nossos trabalhos, em uníssono, daqui em diante. Todo material que a Ideale entregar, terá, por trás do seu desenvolvimento, esta missão. Todo funcionário, ao colocar a sua energia em um trabalho, terá o mesmo objetivo em sua mente.

Porque, no fim, é sobre exatamente isso que se trata a vida. Propósito.

Comentários
Comentários